Óleo virgem de coco: Do produtor ao consumidor, uma longa distância

Sempre que se fala em óleo virgem de coco surge a questão: qual seria a melhor marca disponível no mercado? Ora, pouco interessa a marca: o importante é que o óleo esteja bom. Todo óleo é perecível, pode ficar rançoso. O virgem dura mais por ser produzido a frio, conserva seus poderosos antioxidantes.  Mas pode ser que ele seja muito bom no momento de envase e depois não mais, por fatores como material do pote, a tampa, seu revestimento, muita luz, muito calor, muito tempo em contato com o ar, quem sabe com farelos de pão e torrada… É que nem manteiga – sensível. Mas custa 8 vezes mais que a manteiga. Por que não é tratado como produto sensível?

Existem marcas nacionais que se gabam de produzir um extra bom óleo. Nenhum deles me parece ter bom sabor e aroma, ao contrário – sempre que dou uma chance, me fica um gosto de sabão e solvente no fundo da garganta.

De duas, uma: ou cá na terra não fazemos o óleo virgem direito ou não o fazemos chegar direito ao consumidor.

Falta de tradição? Talvez. Nas Filipinas a extração tradicional caseira foi recuperada como forma de aumentar a renda familiar e passou a ocupar centenas de famílias. Alguma sabedoria lá deles nos escapa. Por isso continuo usando o óleo que a marca Dr. Orgânico traz para cá. Ainda não me decepcionou. Espero que continue assim!

Para quem utiliza pouco, a dica: embrulhar o vidro com papel opaco e guardar na geladeira, retirando aos poucos somente o que vai usar.

14 comentários em Óleo virgem de coco: Do produtor ao consumidor, uma longa distância

  1. Anônima, a dra Mary não diz que ninguém *tem* que tomar com água morna. Sugere como uma forma de tomar. E nem lembro mais onde li, pode ter sido em algum livro dela. Mas não é a única a indicar isso. Faz parte da tradição ingerir gordura em água ou caldo quente. O calor é favorável à boa circulação da gordura.

    Sobre quantidade e horário, sugiro que converse com um(a) nutricionista que possa lhe dar respostas adequadas ao seu caso pessoal e intransferível. Um abraço!

    Curtir

  2. Comentário marqueteiro anônimo: removido.

    Curtir

  3. Olá Sonia, por muito acaso encontrei seu blog enquanto buscava informações sobre oléo virgem de coco e estou adorando isto aqui, muito esclarecedor, faz a gente ter vontade de usar. No meu caso pesquisava para ver até onde seria verdade essa nova febre sobre o oleo virgem de coco ser considerado o “emagrecedor” do momento e embora esteja acima do peso, o que me fez vir a net pesquisar a respeito foi o fato de ter me recordado que teria visto em algum lugar virtual falando sobre o beneficio do oleo de coco para aumentar a imunidade da criança que adoece demais, caso do meu filho. Então já vou começar comentar no seu blog perguntando rs, é veridica as duas menções sobre o oleo virgem de coco (emagrecer e aumentar imunidade no caso de crianças)? sendo verdade, como é administrado no caso de crianças, existe alguma restrição de quantidade, vezes por semana, etc…meu filho além de adoecer muito esta abaixo do peso e da altura para idade (5 anos). Por ultimo, gostaria de saber se pessoas com doenças renais que já se submeteram a cirurgias tem alguma contra indicação ? Obrigada e parabéns pelo blog!

    Curtir

  4. Olá Sônia gostaria de saber com sua experiência na área…estou começando a tomar o óleo e espero ter bons resultados. Então..comprei o copra pois foi o que eu achei a principio. Teria alguma restrição sobre essa marca?? Ele veio clarinho e com gostinho de coco bem suave. Grata

    Curtir

  5. Gilvana: você é quem vai saber se está bom. Se não estiver, devolva. Um abraço!

    Curtir

  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    Curtir

  7. Oi, pessoal, gostaria de dirigir a minha pergunta a todos vocês: comprei um oleo de coco na promoção de uma marca importada que ja conheço e gosto muito. Detalhe: o preço estava maravilhoso porque parece que a validade é até outubro, então a loja quer desovar os produtos. A minha pergunta é: o oleo de coco fica ruim apos o prazo de validade, ou como uma série de outros produtos, é uma data para segurança, sem deterioração da qualidade?

    Obrigada!

    Curtir

  8. Depende… Pode ter 2 anos de validade, ficar exposto à luz e ao calor e perder todas as virtudes. Minha frase-paderão é: experimente e observe. Um abraço!

    Curtir

  9. Olá Sonia!
    Encontrei no seu site muitas informações interessantes sobre o oleo de coco. Há mais ou menos duas semanas tento inserir uma colher de sopa de oleo de coco na minha alimentação, mas toda vez que faço isso me sinto muito mal. Dor no estomago/intestino, gases, enjoo. Não entendo, mas li alguma coisa falando sobre alergia ao oleo. Não acredito que seja o caso, pois consumo todos derivados do coco: polpa, agua, leite, coco ralado e não tenho mal estar. Será que você saberia me dizer o que pode estar acontecendo comigo e como faço para poder incluir o oleo na minha dieta?? Ele possui muitos beneficios e gostaria de tentar.
    agradeço antecipadamente!

    Curtir

  10. Rafaela, você tem certeza de que o óleo está bom? Não está rançoso, com um saborzinho amargo no fundo? Está usando puro?

    Curtir

  11. O Copra está difícil de encarar nos últimos 2 anos. Já reclamei, eles prontamente se comprometeram em achar uma solução, mas ainda está com gosto ruim.

    Curtir

  12. Sônia, você recomenda o óleo caseiro, aquele extraído com o calor do fogo, para fazer fritura? Adoro fazer chips de batata doce com óleo de coco, mas fazer com o óleo virgem sai bem mais caro.

    Curtir

    • Claro, Leide! De todo modo, a alta temperatura das frituras acabaria com os antioxidantes do óleo virgem. O mesmo acontece nos países mediterrâneos com o azeite de oliva: eles não usam o virgem para fritar – embora possa ser usado. É mais uma questão de bom senso.

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: