sonia hirsch

jornalista e escritora focada em promoção da saúde

Os parasitas nossos de cada dia

Há os grandes, que vivem fora de nós, sugam nossos tributos e eventualmente vão para a cadeia, e os pequenos, menores, minúsculos e microscópicos que nos habitam e geralmente são ignorados. A medicina moderna não acredita neles porque os exames de fezes dão sempre negativo, e estes dão negativo porque são feitos superficialmente, mas a parasitologia continua sendo uma ciência biológica e os sintomas vão muito além da dor de barriga – chegam às doenças crônicas e degenerativas, estragando a saúde física e psíquica. Prevenir é melhor que remediar.

TEMPERO CONTRA VERMES 

dra. Clara Brandão, “Alimentação alternativa” 

Temperar os alimentos cada dia com um tipo de planta:

segunda-feira, hortelã

terça-feira, alho

quarta-feira, mastruz (erva-de-santa-maria, Chenopodium ambrosioides)

quinta-feira, coentro

sexta-feira, salsa ou cebolinha.

 

GELEIA CONTRA VERMES 

também da dra. Clara Brandão 

4 bananas maduras com casca

1 maço de mastruz com semente

1/2 maço de hortelã

1 1/2 copo de açúcar

Socar bem o mastruz com a hortelã e o açúcar, acrescentar as bananas. Levar ao fogo até dar ponto de geleia e comer 1 colher (chá) duas vezes ao dia, ou passar no pão, na bolacha, na mandioca, no beiju, etc.

do livro Almanaque de Bichos que dão em Gente   correcotia.com/vermes

Categorias:almanaque do banheiro

2 respostas

  1. É delicioso tanto ler quanto fazer suas receitas, querida Sônia. Maravilhas de posts. Um beijo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.