Candidíase: Água benta de feijão-fradinho

imagem Wikipedia
Simone Campello me manda por email uma receita mágica contra candidíase. Diz que basta colocar feijão-fradinho até a metade de um copo e completá-lo com agua filtrada; cobrir, na manhã seguinte coar e beber a água do copo – que seria uma espécie de vacina, ela diz, a ser repetida durante uma semana, no mínimo. “É um tiro certo, barato, saudável e eficiente. Em poucas horas o alívio já é sentido.”

Conhecido como feijão-macáçar em Pernambuco, seus uso mais tradicional é quando ainda está verde, pelo que é chamado de feijão-verde, ou de corda. Maduro, seca e vira o ingrediente principal do acarajé. Tem pelo menos duas dúzias de outros nomes, todos lá na Wikipedia.


Continua Simone: “Minha mãe mora em Petrolina, PE, e é voluntária do Recanto Madre Paulina. Lá são feitos vários tratamentos naturais – funciona como um SPA onde o foco é a cura de doenças, das mais ‘simples’ às mais complicadas. Esta receita vem do Recanto. Estudiosa e mega natureba, ela tinha conhecimento do meu sofrer com a cândida e após 10 anos de muito sofrimento ela me indicou este tratamento. Foi maravilhoso, deu super certo comigo. Mas vamos combinar que tratamentos naturais nunca são os mais fáceis e saborosos; para isso a pessoa tem que enfrentar sabores muito diferentes do que está acostumada. A água do feijão, por exemplo, fermenta e fica com gosto de cerveja choca, sem gás.”

Encantada com a notícia, ponho feijão-fradinho no Google e descubro no Diário de Pernambuco a notícia de que a UFPE, Universidade Federal de Pernambuco, já fez todos os estudos genéticos no que chamam de feijão-caupi, que é o próprio fradinho, e constatou que ele dá um ótimo remédio para uso externo em “afecções ginecológicas”, possivelmente em spray. Essa UFPE é a mesma que desenvolveu o Giamebil, excelente comprimido de hortelã (Mentha crispa) contra giárdias, amebas e outros protozoários. Ou seja, o pessoal sabe o que faz e é competente.

O feijão-fradinho que ficou de molho pode ser cozido normalmente depois. À noite, coloca-se um novo feijão no copo, com água, para tomar de manhã. Simples assim.

Ao lado disso, naturalmente, a pessoa deve se alimentar bem, evitando todas aquelas coisas que alimentam a cândida – açúcar, excesso de carboidratos, leite e laticínios, produtos industrializados cheios de conservantes, corantes etc – e principalmente produtos de padaria, que são feitos com fermentos de vários tipos e estimulam muito a fermentação nociva no tubo digestivo. O que comer no lugar disso? Folhas verdes em todas as refeições, vegetais coloridos e variados, e água com gotas de limão ao longo do dia, 8 copos ou mais. Pra limpar.

Valeu, Simone!

29 comentários em Candidíase: Água benta de feijão-fradinho

  1. Luciana – Feijão-frandinho

    Sonia, bebi a água de feijão fradinho por dois dias. Antes de ontem me senti com o estomago pesado, gases e durante a noite fui ao banheiro algumas vezes. Ontem me senti mal o dia todo e a noite tive uma diarreia tão forte que quase fui parar no hospital. Por que será que meu organismo reagiu assim?

    Curtir

  2. Luciana, não faço a menor ideia. Tem certeza de que a causa é essa pobre água?

    Curtir

  3. Luciana, não faço a menor ideia. Tem certeza de que a causa é essa pobre água?

    Curtir

  4. Luciana feijão-fradinho

    Então, durante o tempo que estava me sentindo mal ficava “arrotando o líquido do feijão” (desculpe por usar esse tipo de linguagem). Me sinto mal só de pensar em tomá-lo novamente. Fico triste pois mesmo tendo passado mal, os sintomas da candidíase diminuíram muito nesses dois dias que fiz uso da água 😦 mas estou com seu livro em mãos e vou continuar tentando outras estratégias!

    Curtir

  5. Boa sorte, Luciana!

    Curtir

  6. Querida Sonia sempre tive episódios esporádicos de candidíase, mas desta vez estou desesperada e sofrendo muito. Tudo começou há 40 dias, quando comecei a sentir sintomas de candidíase vaginal, tomei um comprimido de fluconazol (receitado pela gineco). Depois de 12 horas comecei a sentir piora dos sintomas na vagina e uma leve ardencia, queimaçao, vermelhidão e inchaço nos lábios que depois de umas 4 horas passou. Depois de alguns dias, tinha placas brancas por toda a cavidade oral e ainda os sintomas nas partes baixas. Voltei a gineco q receitou Trivagel N e então me encaminhou para uma infectologista q receitou daktarin gel uso oral e solicitou exames. Qdo os exames ficaram prontos deu uma infecçao de urina por escheria coli.Tomei antibiotico por 7 dias. Enquanto isso eu nem conseguia mais deitar na cama devido a intensa queimaçao nas partes baixas. Quando retornei a infectologista a boca estava melhor ela receitou um comprimido de fluconazol e Vitergan. Tomei o fluconazol num sabado de manhã fui parar no hospital pois tive reaçao alergica. tomei uma Diprospan e tenho tomado anti alérgico de manhã e a noite. No primeiro dia da reaçao tinha um edema na face, os labios e bochecha ficaram bastante inchados e tinha muitas bolhas esbranquiçadas e enormes no ceu da boca e lábios, apareceu tbm manchas vermelhas por todo o corpo.Isso faz 3 dias e a situaçao só piora a cada instante, meus labios e garganta queimam muito e estao “na carne viva” algumas bolhas 'estouraram' outras se transformaram em placas brancas. Não consigo me alimentar pois a boca arde em contato com o alimento. Já não sei mais o q fazer tenho procurado informaçoes como louca e testado de tudo. Mas não encontrei nenhum relato de candidíase como o meu. vc acha q devo procurar um especialista em medicina chinesa ou um homeopata (pq já não confio mais na tradicional)? e tem algum conselho para o alivio dos sintomas da candidíase oral? agradeço desde já

    Curtir

  7. Nossa… Nem sei se acredito que isso seja verdadeiro, sem nome… Fiquei perpilexa!

    Curtir

  8. ola Sonia achei fantástico suas matérias…estou gravida estou sofrendo candida é horrível,será que posso fazer a receita do feijão fraudinha ,e tomar lactobacilos da farmácia manipulação

    Curtir

  9. Clara, não vejo problema nisso. Um abraço!

    Curtir

  10. Estou felicíssima em tê-la conhecido através do blog, tem um mês que sofro com alguns sintomas, mas nem todos. Por exemplo, os lábios da vagina incharam, mas não houve corrimento, e além disso, as virilhas e parte da barriga estão com aspecto de assadura, isso acontece mesmo, não sei tenho duvidas qto a essa assadura horrível. Posso ter pegado isso em piscinas, isso e outra duvida constante. Alem, vou fazer a agua do feijão e agradeço imensamente sua ajuda para mim e outras mulheres. Deus a abençoe muito. Grande abraço.

    Curtir

  11. Sônia,

    Estou tentando várias coisas indicadas em seu livro para tratar minha candidíase que já é sistêmica. Encaminhei um e-mail para você e gostaria que, se possível, desse uma lida.
    Em relação ao feijão fradinho, tomei durante 3 dias, mas tive uma prisão de ventre muito forte. Apesar de ir ao banheiro todos os dias, tenho uma tendência a ter prisão de ventre, mas como muita fibra. Então, para quem tem esse problema, é bom ter cuidado.
    Abraços

    Curtir

  12. Cássia, duvido que a prisão de ventre tenha sido causada pela água de feijão-fradinho. Você já investigou uma possível amebíase? Vai ver… Um abraço!

    Curtir

  13. O mesmo feijão durante uma semana? Ou troca o feijão?

    Curtir

  14. Vamos ler direito o post: Está lá:

    O feijão-fradinho que ficou de molho pode ser cozido normalmente depois. À noite, coloca-se um novo feijão no copo, com água, para tomar de manhã. Simples assim.

    Curtir

  15. Olá Sonia! Tenho convivido com a candidíase faz algum tempo! Durante algumas pesquisas desesperadas encontrei seu blog e li a respeito do feijão fradinho! Bom, na verdade fiz vários tratamentos com fluconazol, pomadas, florais e óvulos, mas ficava livre dela apenas alguns dias! Foi então que decidi tentar algo por conta propria e graças a Deus e a vc estou me sentindo curada! Bom, fiz uma junção de alguns tratamentos e pra mim funcionou. Durante dez dias tomei a água do feijão fradinho em jejum pela manhã. Junto disso eu tomava em alguma hora do dia um copo de água morna com meio limão expremido. Ao final desses dez dias tomei uma dose única de fluconazol e junto com ele comecei a tomar cápsulas de lactobacilos acidófilos todos os dias até hoje para repor as bactérias “do bem”. Bom, ficar sem essa praga pra mim, é uma vitória dia após dia, pois cada minuto sem ela pra mim significa muito! Espero que eu possa ajudar vcs. Um grande beijo Sonia

    Curtir

  16. Olá Sônia! Foi eu quem fez este comentário acima! Minha alegria durou pouco. A maldita voltou ontem e parece que veio mais forte! Estou muito triste e frustrada! Isso está influenciando negativamente na minha relação com meu noivo. Não sei mais o que fazer! Bjos

    Curtir

  17. Anônima, sugiro que você leia o livro Candidíase, a praga, para saber tudo o que eu sei a respeito e avaliar a lógica do passo a passo para controlar melhor a cândida. Não tem mágica, tem método. O livro está disponível nas boas livrarias e em http://www.correcotia.com/compras com frete grátis. Um abraço!

    Curtir

  18. ola tenho 25 anos desde dos 17 que vivo com infecção por candidíase, sempre vai e volta ja cheguei a pensar que era Herpes mais nunca tive bolhas, nesse intervalo de 8 anos me consultei com 3 urologista e um farmacêutico todos sempre apenas aconselha pomadas e sempre dizem que Candidíase, o que mais estranho é que na época da primeira crise eu ainda era virgem, apenas so fazia me masturbar como posso ter pego isso ? ate hj nunca fiquei curado , isso acaba comigo psicologicamente, a ultima crise que tive apareceram muitas veias velhas algumas voltaram ao normal outras ainda estão o que pode ser isso ? de la pra cá as crises tem aumentado e tem ficado mais constante e tem agredido a base do penis parte de baixo muito vermelho despelando. o pior de tudo é que vc vai ao medico ele nem olha direito e apenas diz é so uma infecção por cândida se a infeliz não volta-se sempre ou diminui-se as crises ja seria ótimo o que acontecer sempre e que quando tudo esta ficando bem apos o termino do tratamento ela ja volta isso é um inferno o cara tem que viver com pomadas. não sou diabético e nem tenho uma outra doença. mais percebi que no decorrer desse tempo os pelos das minhas pernas, braços, peitos, que eram muito , diminuíra tipo eles tem ficado fino e menor, ja fui em 4 dermatologista dizem que não há nada de errado com exames e sempre passam vitaminas. minha vida ta uma droga . AJUDA…….

    Curtir

  19. OLÁ EU SOU O MESMO DO COMENTÁRIO DE CIMA > Mais alguns sintomas que sinto é intestino tipo irritado, tenho crises alérgicas garganta, e algumas vezes percebo uma perda de cabelos, e pelos ao tomar banho isso ja ocorre á alguns anos ,e os pelos do meu copo tipo sou muito peludo eles vem desaparecendo ficando cada vez menor e fino ja em tudo que era medico não sei mais o que fazer .trabalho em uma fabrica lá eles dão direito aplano de saúde, ai tipo pra vcs ver a minha aflição e quantidades de médicos que ja fui atras, mes passa fui chamado atenção pela medica da fabrica pois ela veio me pergunta se tinha alguma coisa errado comigo pois ela recebeu uma notificação das minhas consultas de julho do ano passado a dezembro 45 consultas veja meu desespero nenhum deles me ajuda definitivamente isso me deixa triste . pois meu avó sempre falava que doenças desse tipo são veneras e não tem jeito cada pessoa sofre de um jeito conforme a resistência ate chega uma hora mais critica e parti pra melhor . mais antes disso avida se transforma em vida de sofrimento, ja pesquisei na internet + cedo ou + tarde dos que sofrem com candidíase iram passa pelos mesmo problema enquanto se é jovem o organismo vai aguentando mais quanto tempo se passa a coisa vai ficando feia e apessoa mais debilitada…… quero tenta pensar nisso mais isso não sai da minha cabeça sofro com isso e ninguém sabe confesso que isso ja tiou minhas esperanças de vive muitas vezes penso em suicide-o . + de 8 checapes de exames completos dentro de um ano resultado os médicos dizem normal EU SEMPRE PERGUNTO NORMAL COM TODOS ESSES SINTOMAS E SOFRIMENTO.

    Curtir

  20. Anônimo, o que você descreveu é uma lista de sintomas de candidíase crônica. Recomendo ler meu livro “Candidíase, a praga” , consertar sua alimentação e mudar o rumo da sua vida. Você pode ler capítulos do livro em http://www.candidiaseapraga.blogspot.com para ter uma ideia do que o espera. É duro por uns 2 ou 3 meses, mas depois você já saberá como controlar a coisa e recuperar sua saúde e imunidade. Não esqueça de olhar as verminoses e protozooses, que alimentam a cândida. Um abraço!

    Curtir

  21. ola, no caso de candidíase cronica devo procurar qual medico pois quando vou ao urologista o tratamento passado é apenas local , mais o sintomas esta em todo corpo qual medico evo procura para me auxiliar, pois ja fui em tudo que medico eles olha pra minha cara e diz você esta bem .

    Curtir

  22. Anônima, procure um médico chamado Você Mesma, que é a única responsável pela sua saúde e quem tem mais a lucrar. Para auxiliar, recomendo meu livro Candidíase a praga, que tem um passo a passo e muitas receitas, cardápios e explicações.

    Curtir

  23. Sonia. Na dieta radical podemos comer esse feijão depois?

    Curtir

  24. sonia, quanto mais leio tudo mais duvidas me surgem… li que vc fala no comentario acima… pode comer o feijão!!!
    sério?? na dieta radical?
    outtra coisa que esqueci de comentar tb… é que to tomando autoisoterápico! ja ouviu falar? tem alguma opinião!
    bjus

    Curtir

  25. Ué, querida, respondi que NÃO pode comer o feijão na dieta radical… confere? Bjus

    Curtir

  26. Olá Sonia, comprei seu livro, e estou no segundo dia da dieta radical…esta dúvida sobre a ingestão do feijão eu também tenho, pois na página 60 do seu livro ´´ candidíase a praga´´ está escrito que o feijão verde está liberado…então me responde por favor pode ou não ingerir? Muito obrigada por tudo, eu já li o livro inteiro e também todo blog referente a maldita cândida. Obrigada por nos ajudar e muita luz no teu caminho. Beijão!!!

    Curtir

  27. Meninas, na página 60 está escrito que: feijão seco não pode, feijão verde pode. O que posso dizer mais? Uma coisa é uma coisa, outra coisa ó outra coisa… Força nas tranças!

    Curtir

  28. Oi Sônia,
    Após anos me afligindo com infecções recorrentes de cândida, resolvi estudar sobre o assunto onde morava, no exterior. Assim, descobri algumas coisas que me livraram definitivamente da candidíase:
    1) tomar uma cápsula, diariamente, de saccharomyces boulardii, vendido no Brasil sob o nome comercial”Floratil” ou “Repoflor”. Trata-se de uma levedura medicinal probiótica que, ao contrário das outras levediuras, que aumentam a candidíase, tem eficácia comprovada contra a candida albicans in vitro e in vivo;
    2) extrato de folha de oliveira com 10% de oleuropein (vendido no exterior, vc pode comprar em lojas online) – ótimo fungicida e antioxidante natural;
    3) tomar uma colher de chá de cúrcuma dissolvida em um copo d'água, com um fio de azeite, diariamente – a cúrcuma é fungicida e um dos melhores antioxidantes naturais.

    Depois que comecei a tomar os produtos acima, não fico nem mais gripada. Já meus pólipos vaginais tb sumiram. Descobri que eles provavelmente existiam devido a uma alergia à candida albicans.

    Abçs e obrigada por suas contribuições!

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: