Rei Polho

t-repolho

Coisas simples da natureza podem tornar a vida maravilhosa – sol, sombra, água fresca, luar, brisa, a lista não termina. Existem para todos, sempre se repetem do mesmo jeito e nunca perdem o encanto. Nos sabores da vida é a mesma coisa, nada precisa ser caro e raro para ser bom. O repolho é uma dessas maravilhas.

Custa pouco, dura muito na geladeira e existe em todos os lugares do mundo. Ficha técnica: limpa o sangue, melhora a digestão, umedece os intestinos e as vias respiratórias, embeleza a pele. Ajuda a eliminar parasitas, tem vitaminas C, E, cálcio e iodo, além de uma quantidade enorme de enxofre, o grande desintoxicante das células. Em termos de fibra é perfeito para equilibrar uma refeição. Ainda por cima, esfria a cabeça.

O emplastro com as folhas socadas cura feridas. Amassar a folha entre as mãos até ela ficar úmida e colocar como curativo sobre um corte ou ferida ajuda muito a não infeccionar. Febre? Procure na feira um repolho bonito, ainda com folhas verdes e de tamanho grande; com uma faquinha afiada, corte as folhas junto ao caule; ponha algumas na cabeça, feito uma touquinha, para puxar o calor. É um chapeuzinho hidratado, comestível, biodegradável, se possível orgânico.

Se não for o caso, melhor comê-lo. Rasgue as folhas do repolho de modo a retirar as partes mais grossas. Ponha na panela com um pouquinho de água, sal e azeite por cima, em fogo bem baixo. Tampe e deixe cozinhar 5 a 15 minutos, ou até as folhas ganharem um lindo tom verde-claro. Alho, opcional.

Se também não for o caso, um repolho em tirinhas bem finas dá uma deliciosa salada. Depois de cortar ou ralar, passe rapidamente em água fervente e ponha numa vasilha. Junte um pouquinho de cebola e cenoura raladas, salsa e cebolinha picadas, azeite, limão ou suco de laranja ou tangerina, sal e alho ou gengibre. Saladinha molhada, ótima para acompanhar comidas secas como sanduíches, grelhados, farofa, arroz com feijão.

Prefere quente? Repolho rasgado ou cortado pode ser refogado num pouco de óleo virgem de coco ou azeite de oliva extravirgem, mas só até mudar de cor. Colocar uma pitada de sal no início, ou shoyu depois de tirar do fogo. Com ou sem alho, cebolinha, páprica picante, bagas de zimbro amassadas, mostarda, limão.

Mas quem sabe você está a fim de um chucrute feito em casa. É fonte riquíssima de lactobacilos, que fazem tão bem à flora intestinal. Alemães e poloneses comem sempre porque dá leveza a salsichas, carnes defumadas e outras comidas fortes, garantindo a boa digestão. Não é difícil fazer em casa. Receita:

Conserva de repolho (chucrute)

1/2 kg de repolho cru
2 colheres (sopa) rasas de sal marinho
ou
4 colheres (sopa) de soro de leite e 1 colher (sopa) rasa de sal marinho

Corte bem fininho o repolho; coloque numa vasilha resistente com duas colheres de sal e soque com um pilão de madeira durante 10 minutos ou mais, até ele soltar um caldo suficiente para cobri-lo bem. Se tiver soro de leite, substitua 1 colher de sal por 4 de soro. Transfira tudo para um vidro de boca larga, junte o cominho, misture e aperte tudo lá no fundo, de modo que o repolho fique coberto por dois dedos de caldo. Tampe o vidro, deixe 3 dias na temperatura ambiente e então guarde na geladeira. Já pode ser comido, mas melhora à medida que amadurece. Importante: deixe vazio um espaço de 3 cm no alto do vidro, para o gás da fermentação. Caso apareça espuma, ou mofo, simplesmente retire.

O coração do repolho e as partes grossas das folhas vão picadinhos para a sopa, que desintoxica, emagrece porque tem poucas calorias e ainda trata tosse, gripe e resfriado – principalmente no outono e no inverno, quando o clima fica mais seco.

Receita: duas xícaras de repolho, uma de abóbora-japonesa bem madura, uma de aipo, uma de alho-poró, duas cebolas médias e três dentes de alho, tudo picado. Água e fogo. Sal a gosto no final do cozimento e salsa, cebolinha ou coentro por cima na hora de servir.

Limão e alho formam com o repolho um trio perfeito. O ácido cítrico do limão destrói bactérias de putrefação na boca e no tubo digestivo, por isso purifica o hálito. Estimula o fígado. Refresca. Protege de gripes, tosses e resfriados. Um limão por dia dá saúde e alegria – gotinhas na água de beber, no tempero da salada, por cima dos vegetais cozidos. Quanto ao alho, também é o máximo em matéria de afastar micróbios, eliminar do corpo metais pesados como chumbo e cádmio, dar conta de parasitas e domar fungos como a cândida.

do livro Amiga Cozinha

6 comentários em Rei Polho

  1. Márcia de Toledo Alves // 8 janeiro 2017 às 19:21 // Resposta

    Sônia,

    Esses alimentos, repolho, brócolis, feijão, couve flor me dão muitos gazes Eu evito comer, você sabe porque isso acontece e como evitar? Obrigada

    Enviado do meu iPhone

    >

    Curtir

    • Repolho, brócolis, couve-flor têm muito enxofre, Márcia, que é desintoxicante mas também produz seus efeitos especiais. Não sinto formação de gases quando cozinho rapidamente e como em seguida; apenas quando ficam na geladeira para o dia seguinte. Feijão já é diferente, é pesado e fermenta – por isso precisa ficar de molho à noite e ser cozido se possível em panela comum, lentamente, para já dispersar parte do que causa gases. Mulheres deveriam evitá-lo após a menopausa, já que a digestão costuma piorar.
      Sem contar que a pessoa pode ter alguma disbiose intestinal, parasitas, cândidíase, o que aumentaria automaticamente a fermentação.
      O jeito é adicionar temperos carminativos (que neutralizam gases), como cominho, sementes de coentro, pimentas, zimbro…

      Curtir

  2. Parabéns pela sua descrição mos inspirando a utilizar todas as boas qualidades do Rei, fotografado no melhor ponto para colheita e consumo

    Curtir

  3. Sonia ! Talvez eu seja ingrato por nunca comentar em seus textos, mas hoje vou me expressar.
    Como é lindo a forma que escreve, quase ouço sua voz haha. Seu blog é um dos meus favoritos e não tem como ser por menos, você é fantástica !
    Te acompanho a muito tempo, ainda não tenho muitos livros teus, mas já li vários e enfim, obrigado por ser essa luz maravilhosa no mundo, sempre que leio seus textos meu dia melhora.
    Gostaria que soubesse, gratidão ;D

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: