Venta, e a atividade sexual se torna mais intensa na primavera

ipê-branco florescendo
“A paciência, a paciência, a paciência,
só isso ela 
encontrava na primavera ao vento.”
Clarice Lispector
 
Leio e fico encantada com o que Clarice escreveu. Pois é fato que toda primavera venta, varrendo o inverno, anunciando que um novo ciclo começou. Mas a associação direta com a paciência, como faz Clarice, só apareceu para mim na filosofia chinesa, que liga o leste com o vento, a primavera, a manhã, os olhos, o fígado, o sabor ácido, a criação – e a calma observação do que acontece, isto é: a paciência.
 
Até porque a primavera sempre dá mais do que pode. Arrebata, apaixona, excita órgãos e sentidos. Como aguentar isso? Esse vento? Clarice?
 
“Com paciência”, responde o mestre.
 
“Ter paciência significa conter a própria inclinação para as sete emoções: ódio, adoração, alegria, ansiedade, cólera, pesar, medo. Não cedendo a elas você se torna paciente, depois compreende todo tipo de coisas e entra em harmonia com a eternidade.”
 
O fígado é a mãe da paciência. Quando alguém está irritado, o povão diz que está mal do fígado. Isso combina com o conceito oriental de que o sistema energático do fígado é responsável pelo sereno fluir das substâncias através do corpo, e também pela regularidade das atividades corporais. Ele comanda o movimento das forças e governa o fluxo de Chi, a energia essencial. Mais: harmoniza as emoções, proporcionando um ambiente interno confortável. Mais ainda: é o sistema energético do fígado que governa a atividade sexual, a qual se torna mais intensa na primavera.
 
E se ela se torna mais intensa naturalmente, qual é o problema? Nenhum, claro.
 
Mas na primavera a capacidade de realização do ser humano se expressa pela criatividade. Se for possível conter (e não esgotar) a sexualidade na primavera, empregando esse impulso em outras atividades criativas, o tônus sexual vai se manter firme o ano inteiro. É como se o movimento impulsivo da natureza precisasse ser temperado pela nossa atitude.
 
Está lá, no tratado de medicina interna do Imperador Amarelo: “As paixões fortes reduzem e exaurem as emanações, ao passo que as paixões comedidas as fortalecem e as tornam fecundas. A paixão forte consome as suas emanações, ao passo que as emanações harmoniosas alimentam um fogo moderado de desejo. As paixões fortes esbanjam suas emanações, ao passo que um fogo moderado de desejo engendra vida através das suas emanações.” Desse princípio nasceu o sexo tântrico, em que o orgasmo fica horas cintilando, não é a vertigem abrupta que sinaliza o fim da tensão sexual.
 
…mas voltando a Clarice, paciência é mesmo um santo remédio, e cultivá-la pode trazer a mais secreta das grandes recompensas. Não só no sexo, em tudo. Contra a raiva, por exemplo. O budismo tem a raiva como o pior que um ser humano pode cometer contra si mesmo. Ué, mas a raiva não é contra o outro? É. Mas quem sente? A pessoa. O outro já vai longe e a pessoa ainda está horrorosa, pensando as piores coisas, se envenenando por dentro.
 
É aí que, passo a passo, entra a paciência. Primeiro passo é a pessoa se dar conta de que teve um ataque de raiva e tratar de se acalmar. Segundo passo é se dar conta enquanto estiver tendo o ataque e tratar de se acalmar. Terceiro passo é perceber um pouquinho antes de ter o ataque, a tempo de respirar fundo e pensar que tudo passa, ninguém erra porque quer, todos sofremos, todos queremos a felicidade, deve haver alguma outra maneira de lidar com a situação…
 
Pronto, passou.
 
Tudo passa.
 
Também a primavera passará.

2 comentários em Venta, e a atividade sexual se torna mais intensa na primavera

  1. muito bom, Sonia, poético

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: