account icon arrow-left-long icon arrow-left icon arrow-right-long icon arrow-right icon bag-outline icon bag icon cart-outline icon cart icon chevron-left icon chevron-right icon cross-circle icon cross icon expand-less-solid icon expand-less icon expand-more-solid icon expand-more icon facebook-square icon facebook icon google-plus icon instagram icon kickstarter icon layout-collage icon layout-columns icon layout-grid icon layout-list icon link icon Lock icon mail icon menu icon minus-circle-outline icon minus-circle icon minus icon pinterest-circle icon pinterest icon play-circle-fill icon play-circle-outline icon plus-circle-outline icon plus-circle icon plus icon rss icon search icon shopify icon snapchat icon trip-advisor icon tumblr icon twitter icon vimeo icon vine icon yelp icon youtube icon
Carrinho (0)
Adicionados recentemente
0 Item Total R$ 0,00

Não disponível

Carrinho (0)

Adicionados recentemente

0 Itens

Total R$ 0,00

Não disponível

Afinal, a quem pertence a água? Às cervejarias?

posted 2021 Jul by



Copio integralmente, abaixo, o post de Carol Daemon no blog Menina do Dedo Verde. Depois de ver esse filme, fiquei mais convencida ainda de que não passa de palhaçada a campanha para economizarmos água no banho, na cozinha, na mangueira. A gente se enchendo de consciência ecológica enquanto as fábricas de cerveja e refrigerante enchem suas garrafas e latinhas aos milhares, todos os dias, nas barbas de todo mundo! Isso é lícito?

Flow - por amor à água
Site oficial do documentário que retrata a degradação e desertificação de uma cidade devastada após instalação de fábrica da Coca-Cola.
Os recursos hídricos da região, viraram refrigerante, que nós inocentemente consumimos.
Se há alguma fábrica de bebidas em sua cidade, é para refletir que a água utilizada venha dos mananciais da região e, quando acabar, a empresa não assume a responsabilidade e instala nova fábrica em outro lugar - com isenção fiscal, já que gera empregos.
Quem paga a conta, são os que ficam: a população local com solos erodidos e poços artesianos secos.
A pergunta que o site faz e eu não consegui responder:
"CAN ANYONE REALLY OWN WATER?"
(Alguém pode realmente apropriar-se da água?)
Não deixe de visitar o link "take action" do site, há muita informação disponível.

Comments

Leave a comment

comments have to be approved before showing up