account icon arrow-left-long icon arrow-left icon arrow-right-long icon arrow-right icon bag-outline icon bag icon cart-outline icon cart icon chevron-left icon chevron-right icon cross-circle icon cross icon expand-less-solid icon expand-less icon expand-more-solid icon expand-more icon facebook-square icon facebook icon google-plus icon instagram icon kickstarter icon layout-collage icon layout-columns icon layout-grid icon layout-list icon link icon Lock icon mail icon menu icon minus-circle-outline icon minus-circle icon minus icon pinterest-circle icon pinterest icon play-circle-fill icon play-circle-outline icon plus-circle-outline icon plus-circle icon plus icon rss icon search icon shopify icon snapchat icon trip-advisor icon tumblr icon twitter icon vimeo icon vine icon yelp icon youtube icon
Carrinho (0)
Adicionados recentemente
0 Item Total R$ 0,00

Não disponível

Carrinho (0)

Adicionados recentemente

0 Itens

Total R$ 0,00

Não disponível

Comer bem: Segunda sem Carne

posted 2021 Jul by

Descubra novos sabores é o apelo dessa campanha, lançada em Londres por Paul McCartney e no Brasil pela Sociedade Vegetariana do Brasil - SVB, junto com a Prefeitura de SP.

"Designar um dia da semana no qual se deixa de consumir carne é uma mudança significativa que todos podem adotar e que vai ao cerne de várias questões importantes, políticas, ambientais e éticas, todas ao mesmo tempo", diz Paul no site www.supportmfm.org. "Por exemplo, isso não apenas ajuda a combater a poluição, como também a promover a saúde melhor, o tratamento ético dos animais, o combate à fome mundial e a promoção do ativismo comunitário e político."

Gilberto Gil aderiu: "A campanha Segunda sem Carne objetiva incentivar as pessoas a deixarem de consumir carne, ao menos uma vez por semana, tendo assim benefícios para sua saúde e a saúde do planeta. Ao diminuir o consumo de carne reduzimos, ao mesmo tempo, o desperdício de água, o desmatamento, a desertificação, a extinção de espécies, a destruição de habitats e até de biomas inteiros. De quebra, ainda ajudamos a diminuir o rebanho bovino e sua emissão de metano - poderoso agente de efeito estufa. 67% dos animais criados para virar comida são criados em granjas. Que são fonte de crueldade e desperdício em escalas inimagináveis para a maioria de nós. Nelas são criados animais que ganham peso rapidamente por meio de uma alimentação não-saudável com alto teor protéico. Os animais vivem amontoados, estressados e, muitas vezes, em condições higiênicas insalubres."

Yoko Ono comentou: Não coma carne um dia e depois quem sabe dois. É uma ideia muito, muito inteligente. 

O Ministério da Saúde divulgou diretrizes que combinam com a campanha, vale a pena ler.

Comments

Leave a comment