account icon arrow-left-long icon arrow-left icon arrow-right-long icon arrow-right icon bag-outline icon bag icon cart-outline icon cart icon chevron-left icon chevron-right icon cross-circle icon cross icon expand-less-solid icon expand-less icon expand-more-solid icon expand-more icon facebook-square icon facebook icon google-plus icon instagram icon kickstarter icon layout-collage icon layout-columns icon layout-grid icon layout-list icon link icon Lock icon mail icon menu icon minus-circle-outline icon minus-circle icon minus icon pinterest-circle icon pinterest icon play-circle-fill icon play-circle-outline icon plus-circle-outline icon plus-circle icon plus icon rss icon search icon shopify icon snapchat icon trip-advisor icon tumblr icon twitter icon vimeo icon vine icon yelp icon youtube icon
Carrinho (0)
Adicionados recentemente
0 Item Total R$ 0,00

Não disponível

Carrinho (0)

Adicionados recentemente

0 Itens

Total R$ 0,00

Não disponível

Palestra: Bichos que dão em Gente em SP, sábado 28, de manhã, num parque delicioso com gente idem

posted 2021 Jul by

Alô alô, Sampa! Sábado quevem levo aí a palestra "Bichos que dão em Gente", a propósito do lançamento da 4a edição atualizada / 6a reimpressão do meu Almanaque de Bichos.

Será às 11h, no Espaço Cultural da AAO (Associação de Agricultura Orgânica) na feirinha do Parque da Água Branca. Mas estarei lá antes, na mesinha, a partir das 9h. O lugar é lindíssimo e o astral também, com alguma coisa calma e alegre que faz bem à alma.

O tema: bichos que a medicina esqueceu. Não temos mais direito automático a exames de fezes completos -- o médico tem que escrever os nomes dos bichos, caso tenha suspeitas. Se não, o exame  geralmente  é superficial e revela apenas inocentes comensais do intestino, abundantes e inofensivos. Assim combatemos às cegas, quando combatemos, e atribuímos a outros tipos de patologia os sintomas que os parasitas provocam.

Por exemplo: hoje é mais frequente diagnosticar-se uma criança com DDA ou hiperatividade do que encontrar nela uma reles lombriga -- verme universal como a minhoca que dá hiperatividade, sonolência, falta de concentração, provoca convulsões e aparece, através de seus ovos, no exames de fezes. Uma lombriga adulta bota 200.000 ovinhos por dia. As jovens larvas fazem seu percurso atravessando os pulmões e causam pneumonia.

No entanto, a parasitologia é uma ciência médica. E as infecções parasitárias são diagnóstico diferencial necessário quando há suspeita de qualquer tipo de câncer, por exemplo. Ou artrite. Ou distúrbios intestinais. Ou alergias.

Isto vai longe. Espero vocês lá no sábado pra mais conversa!

Em www.correcotia.com/vermes está grande parte do texto original do Almanaque de Bichos que dão em Gente, 1a edição. Na imagem o Rotífero, inocente comensal do intestino que entrou aqui só porque é lindo.

Comments

Leave a comment