account icon arrow-left-long icon arrow-left icon arrow-right-long icon arrow-right icon bag-outline icon bag icon cart-outline icon cart icon chevron-left icon chevron-right icon cross-circle icon cross icon expand-less-solid icon expand-less icon expand-more-solid icon expand-more icon facebook-square icon facebook icon google-plus icon instagram icon kickstarter icon layout-collage icon layout-columns icon layout-grid icon layout-list icon link icon Lock icon mail icon menu icon minus-circle-outline icon minus-circle icon minus icon pinterest-circle icon pinterest icon play-circle-fill icon play-circle-outline icon plus-circle-outline icon plus-circle icon plus icon rss icon search icon shopify icon snapchat icon trip-advisor icon tumblr icon twitter icon vimeo icon vine icon yelp icon youtube icon
Carrinho (0)
Adicionados recentemente
0 Item Total R$ 0,00

Não disponível

Carrinho (0)

Adicionados recentemente

0 Itens

Total R$ 0,00

Não disponível

Quadrado Mágico: Formando um grupo

posted 2021 Jul by

Quando escrevi o Mamãe eu quero, em 1984, já estava fascinada pelo sistema oracular chinês e japonês apelidado Quadrado Mágico, e o pouco que sabia coloquei lá. Sete anos depois escrevi o Manual do herói e dediquei o último capítulo do livro aos cálculos e interpretações de personalidade e trânsitos. Quando inaugurei o site, lá por 1997, já havia descoberto mais um número ligado à personalidade e outro em relação a trânsitos; meu amigo Gilberto Salomão fez um programinha muito simples de cálculos para qualquer um poder achar seu mapa; e isso tudo virou mais um momento do Quadrado Mágico na minha vida íntima com os leitores.

Estou de novo chafurdando nessa laminha. Tenho recebido emails pedindo mais, querendo tirar dúvidas, dando vontade de aprofundar. Vi que poderia fazer isso através do blog, de modo a ampliar a discussão, então faço aqui o convite a quem já sabe o suficiente para ter questões ou tecer comentários.

A mim ele tem sido muito útil. É mais ou menos como saber a direção do vento antes de soltar as velas. As "previsões" que faço para os amigos dão certo. Coloquei o termo entre aspas porque, na verdade, não se trata de prever nada, mas de estar em sintonia com o tempo. Como assim? É o que veremos!

Comments

Leave a comment

comments have to be approved before showing up